29 de setembro de 2016

Quando o dinheiro perde seu valor

Oi, pessoal!


Hoje vou fazer uma postagem relevante e filosófica.
Sobre dinheiro (mas se aplica a outras coisas influentes e importantes da nossa vida).

O dinheiro é bom e todo mundo gosta, né!? Para algumas pessoas é a coisa mais importante do mundo e rege suas vidas, suas ações, suas escolhas, seu destino. Outros, a tal turma das miçangas, consegue viver uma vida mais desapegada dele. Uns até dizem não precisar dele pra viver. (Mas cá ente nós, todo mundo precisa do dinheiro! Uma hora ou outra)

Mas agora, parando pra analisar um pouco: qual o valor real do dinheiro?
O valor do dinheiro é aquilo que você pode fazer com ele!

Se o dinheiro pode proporcionar um bom estudos para seus filhos; se o dinheiro pode lhe garantir um bom tratamento para uma doença; se o dinheiro pode lhe proporcionar uma viagem dos sonhos a um lugar maravilhoso; se o dinheiro pode te comprar um lugar bonito e confortável para morar.. Esse dinheiro vale muito, não é?
Com certeza!

Não há dúvidas que que o dinheiro é bom e geralmente nos proporciona coisas boas!
Mas até que ponto isso tudo vale à pena?
Quando é que o dinheiro perde o seu valor? Será que ele perde?

Quando você tem que trabalhar muitas horas por dia e não vê sua família direito; quando você fica tão estressado que fica doente; quando você não pode viajar porque tem que trabalhar mais; quando você só chega em casa pra dormir; quando você briga com as pessoas ao seu redor porque está nervoso o tempo todo. São nessas horas que o dinheiro perdeu o seu valor. Você foi tragado pela máquina. E já não pode mais ou não consegue fazer direito todas aquelas coisas maravilhosas que você sonhou que o dinheiro lhe proporcionaria.

É como um relacionamento. Começa fácil, começa lindo, cheio de promessas e expectativas. E aí o tempo passa, a rotina toma conta, o desgaste do dia-a-dia afeta vocês dois, e lá se foi o encanto! Começam as brigas, as cobranças, um joga na cara do outro suas frustrações e levar a situação a diante se torna cada vez mais difícil.

hehehehe Pior que é assim!

Não para todos, claro! (tanto com o dinheiro como om o relacionamento)
Tem gente que consegue administrar as duas situações e obtém ótimos resultados! Que bom! Esse é o ideal de vida de 99% da população mundial.

Mas infelizmente para muitos, ou para a maioria, não é assim.
Ou a pessoa não tem dinheiro e sofre por isso.
Ou a pessoa tem dinheiro e sofre por isso.

O dinheiro cobra muito caro das pessoas! Irônico, né? mas para pra pensar. Faz sentido!
Quanta gente abrindo mão de princípios, de família, de moral, tudo em nome do dinheiro!
Isso também é um problema. O cidadão pode até achar que não. Pode achar que ele chegou lá, ele atingiu o SUCESSO! Mas ele simplesmente ignora todas essas coisas que ele fez ou comprometeu em busca disso. Portanto, ao meu ver, ele não e tão bem sucedido assim. uma hora a vida ou a sociedade vão cobrar dele essa conta.

Mas enfim.
Na vida é sempre preciso ter equilíbrio.
O importante é você parar para se perguntar se está tudo OK.
Se está valendo à pena.
Se é isso que você sonhou pra você.

Se você estiver no caminho certo, PARABÉNS! Siga em frente, confiante!
E se você está numa encruzilhada, sem saber pra que lado seguir. Reflita o que é mais importante para você. A longo prazo. Não pense no agora e comprometa todo o seu futuro.

Sabe, as vezes tomamos algumas decisões pensando mais nos outros que na gente mesmo.
Mas se, por acaso, alguma dessas decisões não der muito certo e, lá no fim, você se vir fracassado, arrependido, às vezes até em uma situação irremediável, alguém vai chegar pra você e dizer: "Mas ninguém te obrigou a fazer isso! Você fez porque quis! Foi sua escolha!".

E essa pessoa estará certa! E você vai se sentir muito injustiçado, com raiva do mundo e das pessoas. Porque a vida ou as pessoas te pressionaram a fazer isso. Pressionaram, mas não obrigaram! A pessoa continuará estando certa. Você sempre teve uma opção, você sempre pode escolher!



Bjoss filosóficos

PB

27 de setembro de 2016

As 1001 alergias do meu Maltês.. RESOLVIDO !!!

Oisss

Hoje eu vim aqui pra falar algo diferente do que costumo postar no blog.
Mas como é uma questão que me fez correr, sofrer e gastar muitoooo !!! Ao achar uma solução pro problema, achei interessante compartilhar com o mundo. Afinal, sei que não é só o meu maltês que é problemático!
Já percebi que a raça é meio complicada. Cheia de mi mi mi. E o meu Max é pós graduado nisso! hahahaha
Ele é estressado, ele se come as patas, ele fica nervoso se sai de casa, late que nem se não houvesse amanhã! (mas no resto do tempo ele é um amor! hahahaha)

O Max tem atualmente 7 anos. Acho que já faz uns 4 ou 5 que ele começou a desenvolver alergias. Foram diversas crises de lá pra cá, diversos veterinários diferentes, diversas consultas de emergência, diversos tratamentos (antialérgicos - muito corticoide!-, antibióticos, injeções, banhos "especiais" super caros - que deixavam ele ainda mais vermelho!, e muito muito dinheiro gasto!). E eu sempre no Google em busca de ajuda. o que geralmente eu lia é que pra alergia em cães, assim como pessoas, o certo e mais eficaz é eliminar o que causa a alergia neles. Essa que é a parte difícil! Pode ser tanta coisa!
O Max mesmo, cada vez que tinha uma crise ela era pior, mais forte, ele sofria mais, os tratamentos tinham que ser mais longos e sofridos. Ele ficava com manchas marrons no pêlo, se coçava tanto que sangrava, se comia vivo. Credo! Um Horror! Eu sabia que ficar enchendo ele de remédio era pior! Ele ficava cada vez mais intoxicado! Mas era só que era só isso que os veterinários sabiam fazer!

Até que um dia um veterinário me falou que o Max devia ser alérgico a carne! Que eu devia cortar rações que tinham carne vermelha na composição e evitar ao máximo que ele acabasse comendo carne (quando cai da mesa sem querer e tal).

Resultado de imagem para frost fish and riceIsso ajudou bastante! No começo era só comprar ração sem carne vermelha, depois sem frango. Agora só pode ser de peixe e arroz! E nem de qualquer marca! Cheguei a comprar uma Royal Canin Hipoalergênica super cara e que ainda deixava ele vermelho! Porque mesmo sem ter a carne, as vezes tem algum outro ingrediente no meio que prejudica.

A ração que eu dou pra ele hoje e está sendo ótima é a Frost Natural Fish & Rice. Compro o saco de 10Kg na internet que sai mais barato ao Kg. Essa ração é 10 !!! Ele está com o pelo branquinho. Pele rosinha. Uma beleza! Lindo, lindo! *-*

E a segunda coisa que fiz, e MUITO IMPORTANTE foi parar de levar ele tomar banho no pet! Já tinha levado ele em todos os pets da cidade e o resultado era sempre o mesmo! Ele voltava se coçando e todo vermelho! E geralmente acabava sangrando. Aí pedi pra não passarem perfume, não resolveu. Aí começaram a dar banho dermatológico que custava R$ 80,00 (fora os produtos que eu tinha que pagar à parte e eram caríssimos também!). =O Nem eu gasto tanto no salão pra fazer meu cabelo! hahahaha Que absurdo! E o pior de tudo: ele voltava vermelho igual! ¬¬' Nem quero pensar o quanto já gastei entre veterinário e petshop com o Max.. mas foram vários milhares de Reais certamente. Mas tudo bem, passou! ufaaaaa hehehehe

Agora eu deixo o pelo dele sempre tosado curto, assim posso dar banho nele em casa! 1 vez por semana ou a cada 10 dias. Uso apenas Protex líquido. Nada de perfume! Nada de mais nada! E seco com o secador não muito quente depois. 
E ele fica bem branquinho e FELIZ! Assim como eu! =D  
(Ah, e eu sempre deixo ele de roupinha pra ele não se machucar se coçando. Ele já pegou por mania se coçar.. hehehe)

Enfim, adeus alergia! Adeus gastos desnecessários! Adeus sofrência! 



Ahhhh... o Max é alérgico a picada de pulga também! (não faz bem pra nenhum cachorro, claro! Mas se ele é alérgico causa efeitos beem piores) Então se ele tiver pulga os mesmos sintomas vem à tona! Já comprei aquelas gotinhas anti-pulgas de tudo que é marca e nunca resolveram nada! Caso ele pegue pulga, dou logo aquele comprimido que mata todas as que ele tem no corpo em poucas horas (na casa agrícola ou pet-shop vão saber qual é! Custa em média R$ 8,00 cada comprimido e a dosagem é conforme o peso do cachorro). É muito eficaz e em dose unica! Funciona muito bem se for algo esporádico.
Agora se o seu cachorro vive em um ambiente infestado, você tem que procurar um jeito de eliminar elas do local. Porque dar muito comprimido vai intoxicar seu cãozinho. =)
(PS: e de infestação BRABA de pulga no terreno eu entendo bem! ¬¬' hehehe Passamos por poucas e boas aqui em casa! Não vou contar a história pra não alongar mais o post.. Mas se você tem dúvidas ou está enfrentando esse problema, pergunte nos comentários que te dou umas dicas bem legais e eficientes!)



Bom é isso aí!
Espero ter ajudado!
Pro Max essas coisas simples, porem muito eficientes, foram uma benção!


Bjoss
PB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...