29 de setembro de 2016

Quando o dinheiro perde seu valor

Oi, pessoal!


Hoje vou fazer uma postagem relevante e filosófica.
Sobre dinheiro (mas se aplica a outras coisas influentes e importantes da nossa vida).

O dinheiro é bom e todo mundo gosta, né!? Para algumas pessoas é a coisa mais importante do mundo e rege suas vidas, suas ações, suas escolhas, seu destino. Outros, a tal turma das miçangas, consegue viver uma vida mais desapegada dele. Uns até dizem não precisar dele pra viver. (Mas cá ente nós, todo mundo precisa do dinheiro! Uma hora ou outra)

Mas agora, parando pra analisar um pouco: qual o valor real do dinheiro?
O valor do dinheiro é aquilo que você pode fazer com ele!

Se o dinheiro pode proporcionar um bom estudos para seus filhos; se o dinheiro pode lhe garantir um bom tratamento para uma doença; se o dinheiro pode lhe proporcionar uma viagem dos sonhos a um lugar maravilhoso; se o dinheiro pode te comprar um lugar bonito e confortável para morar.. Esse dinheiro vale muito, não é?
Com certeza!

Não há dúvidas que que o dinheiro é bom e geralmente nos proporciona coisas boas!
Mas até que ponto isso tudo vale à pena?
Quando é que o dinheiro perde o seu valor? Será que ele perde?

Quando você tem que trabalhar muitas horas por dia e não vê sua família direito; quando você fica tão estressado que fica doente; quando você não pode viajar porque tem que trabalhar mais; quando você só chega em casa pra dormir; quando você briga com as pessoas ao seu redor porque está nervoso o tempo todo. São nessas horas que o dinheiro perdeu o seu valor. Você foi tragado pela máquina. E já não pode mais ou não consegue fazer direito todas aquelas coisas maravilhosas que você sonhou que o dinheiro lhe proporcionaria.

É como um relacionamento. Começa fácil, começa lindo, cheio de promessas e expectativas. E aí o tempo passa, a rotina toma conta, o desgaste do dia-a-dia afeta vocês dois, e lá se foi o encanto! Começam as brigas, as cobranças, um joga na cara do outro suas frustrações e levar a situação a diante se torna cada vez mais difícil.

hehehehe Pior que é assim!

Não para todos, claro! (tanto com o dinheiro como om o relacionamento)
Tem gente que consegue administrar as duas situações e obtém ótimos resultados! Que bom! Esse é o ideal de vida de 99% da população mundial.

Mas infelizmente para muitos, ou para a maioria, não é assim.
Ou a pessoa não tem dinheiro e sofre por isso.
Ou a pessoa tem dinheiro e sofre por isso.

O dinheiro cobra muito caro das pessoas! Irônico, né? mas para pra pensar. Faz sentido!
Quanta gente abrindo mão de princípios, de família, de moral, tudo em nome do dinheiro!
Isso também é um problema. O cidadão pode até achar que não. Pode achar que ele chegou lá, ele atingiu o SUCESSO! Mas ele simplesmente ignora todas essas coisas que ele fez ou comprometeu em busca disso. Portanto, ao meu ver, ele não e tão bem sucedido assim. uma hora a vida ou a sociedade vão cobrar dele essa conta.

Mas enfim.
Na vida é sempre preciso ter equilíbrio.
O importante é você parar para se perguntar se está tudo OK.
Se está valendo à pena.
Se é isso que você sonhou pra você.

Se você estiver no caminho certo, PARABÉNS! Siga em frente, confiante!
E se você está numa encruzilhada, sem saber pra que lado seguir. Reflita o que é mais importante para você. A longo prazo. Não pense no agora e comprometa todo o seu futuro.

Sabe, as vezes tomamos algumas decisões pensando mais nos outros que na gente mesmo.
Mas se, por acaso, alguma dessas decisões não der muito certo e, lá no fim, você se vir fracassado, arrependido, às vezes até em uma situação irremediável, alguém vai chegar pra você e dizer: "Mas ninguém te obrigou a fazer isso! Você fez porque quis! Foi sua escolha!".

E essa pessoa estará certa! E você vai se sentir muito injustiçado, com raiva do mundo e das pessoas. Porque a vida ou as pessoas te pressionaram a fazer isso. Pressionaram, mas não obrigaram! A pessoa continuará estando certa. Você sempre teve uma opção, você sempre pode escolher!



Bjoss filosóficos

PB

Um comentário:

Mayara Nunes disse...

Nossa! Muito legal, profundo, concordo, sem mais. Rsrs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...